Guardião da Loucura

Rafael Limaverde é xilogravurista e ilustrador. Formado em Artes visuais pelo Instituto Federal do Ceará (IFCE), foi o responsável pela primeira logo da Pulga, nos idos dos anos 2000. Com um trabalho amplo no campo das artes visuais, Rafael é ex-integrante do grupo Acidum, coletivo com importante projeção no cenário artístico local e nacional.

Aqui você vê um pouco do trabalho dele intitulado “Guardião da Loucura”, que pela descrição do próprio autor são seres híbridos, cansados, poderosos, frágeis, indiferentes, presos e libertos. “Alguns revelam-se. Outros custam ou negam-se. Tiro-os de mim. E quando nascem são maiores que a mão que os resgata. Em suas asas liberto o meu próprio peso, preço da sanidade. Impressos são poesia e a defesa do ‘impossível’. Lembrança na nossa natureza primeira. Perversão do medo se ser. Os guardiões acolhem a loucura de quem tem a coragem se ser o que lhe pede a alma. Então apropriam-se dos espaços, das ruas, casas, sala, a vida de quem deles necessita”, explica Limaverde que é paraense de nascença, cearense de coração, mas tem como vocação um olhar paera o mundo.

Além das aventuras com as formas e cores, em 2009, Rafael lançou o livro “Pelos Caminhos de Nuestra América” produzido a partir do diário de bordo, escrito durante a viagem de dois anos feita por ele em sua passagem por 16 países latino americanos. O livro traz além das experiências do viajante, notas sobre fatos histórico-culturais e poéticos, ilustrações, mapas e impressões sobre esses “lugares de passagem”.

Grazielle Albuquerque

Grazielle Albuquerque é doutoranda em Ciência Política pela Unicamp, jornalista e arengueira. Criou a Pulga nos idos dos anos 2000 e agora revive a meninice. Nessa nova fase, edita a Pulga desde 2014. É viciada em história, política, café e música. Cultiva o bom humor e tem um quarto azul.

Últimos posts de Grazielle Albuquerque (see all)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *